sábado, 16 de abril de 2011

"Choque" no cérebro deixa pessoa melhor em matemática

           
             Por meio da aplicação, por 15 minutos, de uma corrente elétrica quase imperceptível no cérebro, cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, conseguiram melhorar a habilidade matemática de voluntários, mantendo o efeito por seis meses.
             Os pesquisadores usaram um método não invasivo, chamado estimulação transcraniana por corrente contínua (TDCS), que fez passar uma corrente suave pelo crânio em direção ao lobo parietal, região do cérebro onde os números são processados. A informação foi revelada nesta sexta-feira (5)
              Os voluntários tiveram que aprender novos símbolos que representavam números. Depois, quando estavam no TCDCS, tentaram organizar os números.
             Os participantes cujos cérebros foram estimulados demonstraram uma melhora na habilidade para desempenhar a tarefa. Ao serem testados seis meses depois, eles ainda conservavam o alto nível de desempenho.
              Segundo os cientistas, a corrente elétrica ajuda os nervos a se ativarem de forma mais rápida, facilitando o aprendizado.
              As próximas experiências serão realizadas com voluntários com habilidades matemáticas abaixo da média. Cientistas de Oxford esperam desenvolver, um dia, um dispositivo para o TDCS.
              Esse tipo de tratamento poderia ajudar uma grande parte da população (cerca de 20%) que tem dificuldade de grave a moderada em matemática, além de outras disciplinas.
             Os pesquisadores recomendam não usar eletricidade no cérebro sem supervisão profissional.


Fonte:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/-choque-no-cerebro-deixa-pessoa-melhor-em-matematica-20101105.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário