sábado, 30 de abril de 2011

Evolução da matemática

Veja o desabafo de uma professora de matemática.

Semana passada, comprei um produto que custou R$ 15,80. Dei à balconista R$ 20,00 e peguei na minha bolsa R$ 0,80 para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.

Tentei explicar que ela tinha que me dar R$ 5,00 de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. Por que estou contando isso? Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim: 

Ensino de matemática em 1950:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda.
Qual é o lucro?

Ensino de matemática em 1970:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00.
Qual é o lucro?

Ensino de matemática em 1980:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Qual é o lucro?

Ensino de matemática em 1990:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )R$ 20,00 ( )R$ 40,00 ( )R$ 60,00 ( )R$ 80,00 ( )R$ 100,00

Ensino de matemática em 2000:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
O lucro é de R$ 20,00.
Está certo?
( )SIM ( ) NÃO 
Ensino de matemática em 2010:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Se você souber ler, coloque um X no R$ 20,00.
( )R$ 20,00 ( )R$ 40,00 ( )R$ 60,00 ( )R$ 80,00 ( )R$ 100,00

Em 2011 vai ser assim:
Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.
O custo de produção é R$ 80,00.
Se você souber ler, coloque um X no R$ 20,00.
(Se você é afro descendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder).
( )R$ 20,00 ( )R$ 40,00 ( )R$ 60,00 ( )R$ 80,00 ( )R$ 100,00

E se uma dessas crianças resolver pichar a sala de aula e a professora fizer com que ela pinte a sala novamente, os pais ficam enfurecidos pois a professora provocou traumas permanentes na criança.

Se quisermos que o Brasil cresça, precisamos nos preocupar mais com a educação que as nossas crianças estão tendo, para no futuro não termos mais que passar por uma situação como essa.

3 comentários:

  1. Porém falat que os governantes se preocupem e priorizem a educação. Deixar um professor se matar sozinho dentro de uma sala de aula é covardia. Quando irão perceber que sem educação não há evolução?

    marciamelolucindo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Achei fantásticaz a forma como você retratou a tragetória da escola nas últimas décadas! Penso que na tentativa de combater o fracasso escolar, tentamos facilitar cada vez mais na expectativa de alcançar bons resultados. No entanto, o que estamos connseguindo é fazer com que nossos educandos deixem de desenvolver capacidades fundamentais. É preciso que os professores "saiam do muro das lamentações" e comecem a trabalhar as potencialidades de nossos alunos, que são muitas...

    ResponderExcluir
  3. Se vc acha sala de aula fácil, vai lá e encara!

    ResponderExcluir