segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Antes de Tablets, Matemática para o Brasil

Por Fábio Pereira Ribeiro

Quando vemos que 57% dos alunos brasileiros não sabem matemática, e vemos que o Ministro da Educação resolve investir em distribuir tablets para os estudantes da rede pública existe uma distorção sobre a realidade da competitividade brasileira. Quando comparamos o Brasil com países como China, Coréia do Sul, Índia, Estados Unidos, Rússia, e até mesmo os irmãos como Chile, Peru e Colômbia, o que nós mais precisamos é um maior investimento nos professores, em maiores investimentos em matemática, e principalmente em fazer uma escola mais gostosa para os alunos.

Investir em tecnologia de acesso, não significa em resolver problemas de conhecimento. Não adianta máquinas para nossa crianças, as mesmas precisam aprender a contar, e a raciocinar logicamente sobre problemas, que no futuro as mesmas precisarão resolver. Antes de tecnologia, matemática e saber. A tecnologia deve sempre ser inserida, mas o raciocínio, a lógica, o pensar antes disso tudo! Crianças e jovens que sabem pensar e contar, com certeza saberão muito usar tecnologia. Não podemos disfarçar o saber com tecnologia. A mesma é meio, e não fim!
http://exame.abril.com.br/rede-de-blogs/brasil-no-mundo/2011/09/02/antes-de-tablets-matematica-para-o-brasil/

Nenhum comentário:

Postar um comentário