domingo, 26 de agosto de 2012

É possível ganhar na loteria com a ajuda da matemática?


Joan R. Ginther, 63 anos, é considerada por muitos como a mulher mais sortuda do mundo. Sabem por quê? A americana já ganhou quatro vezes na loteria. Contudo, isso não é apenas questão de sorte... Joan é uma ex-professora de matemática com PhD, nível semelhante ao pós-doutorado em estatística pela Universidade de Stanford, segundo reportagem publicada pela Harper''s Magazine.

A sortuda vive em Las Vegas, no entanto, todos os seus prêmios foram conquistados no Texas; entre eles, três raspadinhas foram compradas no mesmo mercado. De acordo com a reportagem, Joan usou seu conhecimento em estatística para adivinhar o algoritmo que determina os locais para os quais bilhetes ganhadores são enviados. A partir disso, se tornou uma tarefa simples determinar o melhor momento para comprar os bilhetes. Contudo, o professor de matemática, Vanderley Cornatione, também dá a sua opinião: - Não acredito que isso seja possível. Para mim, isso é fraude, ou sorte.

Os moradores da cidade de Bishop não desconfiam de qualquer tipo de manipulação; eles realmente acreditam que a sorte de Joan é um feito abençoado. A Comissão de Loterias do Texas tem a mesma opinião, afirmando que a ganhadora possui sorte incomum. Contudo, não há qualquer suspeita de fraude.



Outro caso é do consultor estatístico canadense Mohan Srivastava, que declarou a uma revista sobre a suspeita dos cartões premiados não serem distribuídos aleatoriamente; já que possuem uma seção visível com números entre 1 e 39 e outra, onde os números escondidos podem coincidir com os visíveis. A crença dele era de que os resultados eram gerados a partir de "números pseudo-aleatórios".

Resumindo, ele aprendeu a prever quais os bilhetes de loteria eram os premiados, estudando os cartões. Desse modo, descobriu que bilhetes com determinados números aparecendo apenas uma vez eram quase sempre premiados. Sabem o que ele fez? Comprou dezenas de bilhetes de loteria, escolheu os vencedores e vendeu o restante. De 20 bilhetes que ele considerava premiados, 19 eram.

Outro matemático também usou a teoria da pseudo-aleatoriedade e ganhou cerca de 20 milhões de dólares. No entanto, técnicas que produzem sequências realmente aleatórias, como a seleção de bolas, eliminariam essas suscetibilidades.

De acordo com Vanderley Cornatione, óbvio que é possível ganhar na loteria, aplicando cálculos matemáticos. Porém, confira no exemplo a seguir como isso seria possível:

Ex: Na Mega-Sena, maior loteria do Brasil, é possível obter 50.063.860 combinações de seis números, escolhidos entre 1 e 60. Deste total, só um resultado é válido; ou seja, a probabilidade de acertar é de 1 em 50.063.860. Você teria que fazer 50.063.860 jogos diferentes para ter certeza de ganhar. Contudo, você gastaria muito mais para fechar todas as possibilidades do que ganharia de prêmio.


Fonte:
http://www.sorteonline.com.br/noticias/e+possivel+ganhar+na+loteria+com+a+ajuda+da+matematica+444.htm 

Você continuaria no seu emprego caso ganhasse na loteria?


No mês passado, 20 funcionários de um mesmo restaurante do Rio de Janeiro, dividiram o prêmio da Quina de São João e faturaram R$ 635 mil cada. No dia seguinte, todos pediram demissão.

Conversamos com alguns usuários do Sorte Online e fizemos a seguinte pergunta: Você continuaria no seu emprego caso ganhasse na loteria?

O gerente de vendas, Marcos Simões, 50 anos, respondeu que continuaria em seu emprego; no entanto, pensou melhor e afirmou: - Eu pediria a conta no dia seguinte (risos). A account manager Karina Marques, 31 anos, compartilha da mesma ideia; porém, com planos futuros: - Eu viajaria muito! Depois, montaria uma franquia. Já a professora de inglês, Raissa Shiraishi, de 25 anos, discorda: - Eu continuaria trabalhando sim, pois o dinheiro não traz as alegrias que o emprego me dá.

E você? O que faria? Lembrando que a Mega-Sena está acumulada em R$ 16 milhões e deve premiar algum sortudo esta noite! Boa sorte!


Fonte: http://www.sorteonline.com.br/noticias/voce+continuaria+no+seu+emprego+caso+ganhasse+na+loteria+451.htm

Você acredita em números da sorte?


Dizem que ganhar na Mega-Sena é pura sorte. Mas, afinal, o que significa ter SORTE? Segundo o dicionário Michaelis, sorte é: fado, destino, acaso, risco. A ciência define a sorte como o encontro do conhecimento com a oportunidade e a filosofia define como a junção de imaginação e realidade. Contudo, se pararmos para pensar, sorte nada mais é do que uma oportunidade que você soube aproveitar, não é mesmo? 

Mas, e na hora de montar um jogo da loteria? É preciso ter conhecimento ou imaginação? Há quem diga que o importante é contar com os números da sorte... Por isso, o que não falta na internet são sites que geram números aleatórios para você montar o seu jogo na Mega-Sena. A seleção de dezenas é feita de acordo com as letras do seu nome, dia do aniversário, animal que mais gosta, entre outros. Mas, você acredita nisso? Acha que esses números têm a ver com a sua sorte?

Recentemente, um casal de Curitiba venceu na Mega-Sena com números que jogavam há mais de dois anos. Eles faturaram mais de R$ 27 milhões com as dezenas: 03 - 14 - 17 - 32 - 37 - 39. Contudo, ambos disseram que não se consideram sortudos, apesar de acreditarem que o jogo vencedor eram seus números da sorte.



A veterinária Renata Menezes Goulart, de 27 anos, joga uma vez por semana na Mega-Sena a alguns anos e monta o seu jogo sempre com números aleatórios; no entanto, deixa claro: - O número 14 não pode faltar! Mas, para quem acha que esse número apareceu na vida da veterinária por algum motivo especial está bastante enganado: - É apenas uma questão de simpatia; nunca ganhei nada com ele. Já o fotógrafo Ricardo Frangella, de 23 anos, acredita que os números da sorte estão em sua família: - O meu jogo é sempre formado pelo dia do meu aniversário, dos meus pais, dos meus dois irmãos e do meu cachorro.

Simone Carrer, 38 anos, joga na Mega-Sena todas as quartas-feiras: - Dos seis números que eu aposto, 4 são sempre os mesmos. A gerente de contas explica que já ganhou alguns prêmios com essas dezenas e por isso acredita que elas fazem parte de sua sorte: - Esses números me acompanham a vida toda, completa Simone. O administrador de empresas Sergio Fernando Morel de Almeida, de 55 anos, também convive com um jogo há tempos. Ele aposta na Mega-Sena há 3 anos e sempre com os mesmos números: - É um palpite da minha esposa e por isso sempre arrisco, já ganhei uma quadra com eles, por isso acredito que me dão sorte. 

E você? Acredita em números da sorte?


O que você faria caso ganhasse na loteria?

O escocês Kieran Maxwell, de 13 anos, carregou a tocha olímpica em sua cidade em junho e apesar de tropeçar e cair, continuou o trajeto. A partir disso, sua história ficou famosa pelo mundo. 

Há dois anos, Kieran foi diagnosticado com um tipo raro de câncer (sarcoma de Ewing), passou por quimioterapia e precisou amputar a perna. A prótese do menino é bastante velha e pesada e apesar de sua família tentar conseguir dinheiro através de campanhas, não foi possível. Contudo, ganhadores de uma loteria europeia resolveram presentear o garoto com uma nova prótese para ele poder correr e brincar com os amigos! A dupla Colin e Chris Weir ganharam mais de 160 milhões de libras (aproximadamente R$ 506 milhões). 

Através de um estudo feito com mais de três mil voluntários em 2011, Alan Luks, diretor executivo da instituição Big Brothers/Big Sisters of New York, concluiu que quem faz o bem, recebe o bem. Segundo o que foi publicado no livro "The Healing Power of Doing Good" (O Poder Curativo de Fazer o Bem), as pessoas que possuem o costume de ajudar o próximo estão dez vezes mais propensas a terem uma saúde melhor do que os que não ajudam ninguém. Ainda de acordo com a publicação, o trabalho voluntário aumenta a autoestima, felicidade, otimismo e a conexão criada com alguém desconhecido, de amor e amizade, além de reforçar o sistema imunológico.

Com os prêmios que a Mega-Sena costuma pagar é possível fazer muita coisa. Entre as mais pedidas, pagar dívidas, comprar casas, carros e viajar. Aqui no Brasil, a prótese de Kieran Maxwell custaria em torno de R$ 180 mil, será que alguém pensaria em ajudar o próximo? Perguntamos para alguns usuários do Sorte Online se eles ajudariam alguém, caso ganhassem algum prêmio da loteria. A resposta de todos foi simples e direta: - Sim. Quando explicamos a situação do menino Kieran, 100% dos nossos entrevistados deram ainda mais ênfase ao "Sim". 



Parece que grande parte da população brasileira terá vida longa, e você? Ajudaria uma pessoa desconhecida?




Fonte: http://www.sorteonline.com.br/noticias/o+que+voce+faria+caso+ganhasse+na+loteria+473.htm

Por que você joga na loteria?

Milhões de pessoas jogam diariamente na loteria em busca de um único sonho: o de virar milionário e resolver todos os seus problemas. Mas, isso depende muito da sorte de cada um, como discutimos em matérias anteriores. Mas, você sabia que não é a necessidade financeira que faz uma pessoa jogar mais na loteria?

Uma pesquisa realizada por uma universidade norte-americana revela exatamente isso: as pessoas com menor poder aquisitivo são as que mais realizam apostas em loterias porque possuem maior quantidade de notas de menor valor à disposição. 



Confira como foi feita a pesquisa
Os pesquisadores analisaram o comportamento de três grupos diferentes de pessoas:
1º grupo: os integrantes receberam 5 notas de US$ 1, podendo optar por ficar com o dinheiro ou fazer uma aposta. Todos tentaram a sorte nas loterias. 

2º grupo: as pessoas receberam 1 nota de US$ 5 e a opção de comprar quantos bilhetes quisessem. A maioria comprou dois ou três bilhetes e guardaram o resto do dinheiro. 

3º grupo: todos receberam uma nota de US$ 5 e tiveram de escolher se guardavam o dinheiro ou apostavam tudo. A grande maioria (90%) preferiu guardar o dinheiro.

E você? Se encaixa em algum grupo? 



Fonte: http://www.sorteonline.com.br/noticias/por+que+voce+joga+na+loteria+481.htm

Você sabia que maior parte dos ganhadores da loteria mantém o prêmio em segredo?

Uma pesquisa realizada pela loteria da Nova Zelândia mostrou que a maioria dos ganhadores da loteria prefere não sair espalhando a notícia para amigos e familiares. A entidade fez a seguinte pergunta para duas mil pessoas: a quem você contaria que foi premiado com US$ 1 milhão?



A loteria também perguntou: o que você faria em relação ao seu trabalho? 

Fonte: http://www.sorteonline.com.br/noticias.asp

Probabilidades de ganhar na Loteria

Qtd.
Dezenas
Probabilidade Acerto (1 em)Prêmios, acertando.
QuadraQuinaSena4 Dezenas5 Dezenas6 Dezenas
QuadraQuadraQuinaQuadraQuinaSena
62.332154.51850.063.8601 1  1
71.03844.9817.151.980352061
853917.1921.787.995615315121
93127.791595.9981030445181
101953.973238.3991550590241
111292.211108.36321756150301
12901.31754.182281057225361
136582829.175361408315421
144854416.671451809420481
153737010.0035522510540541
 
Fonte: http://www.sorteonline.com.br/probabilidades.asp

Como funciona os sorteios da Loteria

Dias dos Sorteios
LOTERIASEGTERQUAQUISEXSÁBDOM
Mega Sena
  20:00  20:00 
Dupla Sena
 20:00  20:00  
Quina
20:0020:0020:0020:0020:0020:00 
LotoMania
  20:00  20:00 
LotoFácil
20:00 20:00 20:00  
Loteca / Lotogol
12:00      
Loteria Federal
  19:00  19:00 
Timemania
  20:00  20:00 
Horário de Brasília

Onde são realizados
Há mais de vinte anos o Caminhão da Sorte percorre as estradas de todo o Brasil, levando na carroceria os sonhos de milhões de brasileiros.

Criado em 1980, com o objetivo de mostrar a transparência e a lisura das Loterias Federais, o Sistema Móvel de Sorteios da CAIXA conta hoje com duas unidades. Enquanto uma permanece na cidade sede dos sorteios, a outra viaja até a cidade onde serão realizados os próximos.

O Caminhão da Sorte é equipado com o que há de mais moderno para os sorteios das Loterias da CAIXA, que são realizados com a participação da comunidade local.As pessoas do público acionam o dispositivo que libera as bolas numeradas. Todos os procedimentos são validados ali mesmo, pelo público presente, por auditoria popular.

Uma unidade lotérica instalada no Caminhão da Sorte permite a realização de apostas até uma hora antes do início dos sorteios. É apostar e conferir a sorte de perto!

Consulte abaixo datas e locais dos próximos sorteios da Loterias da CAIXA:
Eventos previstos para Agosto/2012
Local do SorteioAgosto/2012
ASCURRA / SC 
Praça Poeta Vicente Cechelero - Centro, em frente à Prefeitura
06/08 a 11/08
SOROCABA / SP 
Parque Carlos Alberto de Souza, Bairro Campolim
13/08 a 18/08
TAQUARITINGA / SP 
Praça Dr. Waldemar D'Ambrósio, s/nº
20/08 a 25/08
MORRINHOS / GO 
Av. Dante Costa - Centro
27/08 a 01/09
 
Eventos previstos para Setembro/2012
Local do SorteioSetembro/2012
SÃO LUIS / MA 
Praça Maria Aragão s/nº - Centro
03/09 a 06/09
SÃO PAULO / SP 
Estúdio da BAND, Rua Radiantes, 13 - Morumbi
06/09
SÃO LUIS / MA 
Praça Maria Aragão s/nº - Centro
08/09
SÃO MATEUS / ES 
Parque de Eventos
10/09 a 15/09
RIO DE JANEIRO / RJ 
Estúdio da BAND, Rua Radiantes, 13 - Morumbi
15/09
SÃO MATEUS / ES 
Parque de Eventos
17/09 a 22/09
MANGARATIBA / RJ 
Estrada São João Marcos - Nova Mangaratiba
24/09 a 29/09


Fonte:http://www.sorteonline.com.br/sorteios.asp

Como funciona a Timemania



 


Você escolhe 10 números dentre um total de 80 disponíveis mais o seu Time do Coração , também dentre um total de 80 constantes no volante.

Se preferir a aposta Surpresinha, o sistema marca, aleatoriamente, todos os números para você e também seleciona um Time do Coração.

Querendo repetir a mesma aposta por 2(dois) ou 4(quatro) concursos consecutivos, é só pedir a Teimosinha.

A cada concurso serão sorteados 7 números e 1 Time do Coração .
Os sorteios serão realizados aos Sábados às 20 horas, no auditório da CAIXA, em Brasília, ou no Caminhão da Sorte, em diferentes municípios do País.
PREMIAÇÃO
O prêmio bruto corresponde a 46% da arrecadação, já deduzidos os percentuais do Fundo Nacional da Cultura e dos Comitês Olímpico e Paraolímpico Brasileiros, assim como os 22% repassados aos Clubes de Futebol. Este valor é distribuído da seguinte forma:

Primeiramente deduz-se o montante destinado ao pagamento dos prêmios fixos:
- Time do Coração = R$2,00 (*)
- Acertos de 3 números = R$2,00
- Acertos de 4 números = R$6,00

Após a apuração dos acertadores dos prêmios fixos, o valor remanescente é distribuído para as demais faixas de premiação obedecendo os seguintes percentuais:
- 40% para os acertadores de 7 números sorteados
- 30% para os acertadores de 6 números sorteados
- 20% para os acertadores de 5 números sorteados
- 10% restantes se destinam a integrar a premiação para os acertadores de 7 números sorteados nos concursos de finais zero e cinco.

Não havendo acertador em qualquer uma das faixas de premiação, o valor correspondente passa a compor a faixa de prêmio destinada aos acertadores dos 7 números para o concurso seguinte.
O direito ao recebimento do prêmio pelo acerto do Time do Coração é independente do acerto das demais faixas de premiação.
(*) Caso o Time do Coração sorteado em um concurso tenha recebido 30% ou mais das indicações, os ganhadores do prêmio da faixa "Time do Coração", para apuração do rateio nesse concurso, dividirão, igualmente, 65% do valor destinado a prêmios, podendo o prêmio dessa faixa ser inferior a R$2,00.
Nesse caso, dos 35% restantes serão deduzidos os outros prêmios fixos para os acertadores de 3 e 4 números, sendo o valor remanescente distribuído às demais faixas, conforme os percentuais estabelecidos acima.



Fonte:http://www.sorteonline.com.br/comojogar/timemania.asp

Como funciona Lotogol



 
Chutou, acertou, ganhou. Se você é craque e sempre acerta o placar, o seu jogo é o LOTOGOL.
São cinco jogos para "chutar" os resultados: zero a zero, um a zero, um a um, dois a um, dois a dois e assim por diante.
Acertando todos os placares, você leva uma bolada para casa. E se você bater na trave e errar um ou dois palpites, ainda assim é premiado.

PERIODICIDADE
Semanal (nos finais de semana)
COMO APOSTAR
Você deve marcar o número de gols de cada time concorrente, nos 5 (cinco) jogos do concurso, podendo ser 0, 1, 2 , 3 ou mais de 3 gols (sendo esta a última opção, representada pelo sinal de + no volante).
RESULTADOS
Os resultados são divulgados no início de cada semana.
Se algum jogo não for realizado no período programado, por motivo de antecipação, adiamento ou cancelamento, o resultado da partida (para fins do concurso do LOTOGOL) será definido por sorteio. Este sorteio não terá vinculação com o sorteio do mesmo jogo da LOTECA.

PREMIAÇÃO
A premiação corresponde a 40% da renda bruta, assim distribuídos:
40% para os acertadores dos 5 escores
30% para os acertadores de 4 escores
30% para os acertadores de 3 escores

ACUMULAÇÃO
Caso não haja acertador, os prêmios ficarão acumulados nas respectivas faixas, para o próximo concurso.

 

Fonte:  http://www.sorteonline.com.br/comojogar/lotogol.asp

Como funciona a Loteca



Você que gosta de futebol, acompanha os campeonatos e tem bons palpites sobre os resultados, não desperdice as suas habilidades. 
Aposte na LOTECA e ganhe muito dinheiro.

PERIODICIDADE
Semanal (nos finais de semana)
COMO APOSTAR
Você deve marcar o seu palpite para cada um dos 14 jogos do concurso (coluna 1, coluna do meio ou coluna 2).
É possível escolher mais de um palpite por jogo, configurando um Duplo quando você escolhe 2 colunas (ex: coluna 1 e coluna do meio), ou Triplo quando você escolhe as 3 alternativas possíveis no jogo (coluna 1, do meio e 2)

A aposta mínima é de um Duplo. Quanto mais duplos e triplos você marcar, maiores são as chances de ganhar e maior é o preço da aposta.
RESULTADOS
Os resultados são divulgados no início de cada semana. 
Se algum jogo não for realizado no período programado, por motivo de antecipação, adiamento ou cancelamento, o resultado da partida (para fins do concurso da LOTECA) será definido por sorteio. Este sorteio não terá vinculação com o sorteio do mesmo jogo do Lotogol

PREMIAÇÃO
A premiação corresponde a 40% da renda bruta, assim distribuída: 
70% para os acertadores dos 14 jogos 
15% para os acertadores dos 13 jogos 
15% se destinam a integrar a premiação dos acertadores dos 14 jogos, nos concursos de finais zero e cinco.

ACUMULAÇÃO
Não existindo aposta premiada, em qualquer uma das faixas de premiação, o valor destinado aos prêmios fica acumulado para a 1ª faixa (14 pontos) do concurso seguinte.
Mas tem mais: 15% do valor destinado à premiação é reservado para os concursos seguintes de finais zero e cinco.


Como funciona a LotoFácil




São 25 números ao todo e você escolhe 15, 16, 17 ou 18. E ganha se você acertar 11,12,13,14 ou os 15 números sorteados.
Os sorteios são realizados todas as 2a., 4a. e 6a. feiras, às 20:00h, no Caminhão da Sorte, em locais públicos ou no auditório da CAIXA, em Brasília.
Nos sorteios, são utilizadas bolas numeradas de 01 a 25.
Jogando pela TEIMOSINHA, o sistema considera seu jogo pelos próximos 3, 6, 9 ou 12 concursos consecutivos. Você concorrerá sempre com os mesmos números.
A SURPRESINHA é o tipo de aposta onde o sistema escolhe
PREMIAÇÃO
Prêmios Fixos distribuídos entre os bilhetes com 11, 12 ou 13 prognósticos certos, conforme se segue: 
R$ 2,50 (dois reais e cinquenta centavos) para a(s) aposta(s) que contiver(em) 11 prognósticos certos dentre os 15 sorteados; 
R$ 5,00 (cinco reais) para a(s) aposta(s) que contiver(em) 12 prognósticos certos dentre os 15 sorteados; 
R$ 12,50 (doze reais e cinquenta centavos) para a(s) aposta(s) que contiver(em) 13 prognósticos certos dentre os 15 sorteados. 
Após a dedução dos prêmio fixos os percentuais abaixo serão destinados aos prêmios para 14 e 15 acertos: 
30% (trinta por cento) entre a(s) aposta(s) que contiver(em) 14 prognósticos certos; 
70% (setenta por cento) entre a(s) aposta(s) que contiver(em) 15 prognósticos certos.



Como funciona a Loteria Federal



A modalidade mais tradicional de loterias do Brasil. Foi a primeira a ser comercializada pela CAIXA.
Fácil de apostar, e ainda mais fácil de ganhar: um em cada cinco bilhetes é premiado.
Cada bilhete apresenta uma numeração que varia de 1 a 75.000, que indica o número que você está concorrendo no sorteio.
Nas extrações de Sábado são comercializadas as Trincas, que correspondem a 3 bilhetes inteiros, ou seja, pagam 3 vezes a premiação estabelecida para cada bilhete.
A programação das extrações é definida pela CAIXA e submetida à aprovação do Ministério da Fazenda. As informações relativas a cada extração, quantidade de bilhetes, preço, valores e faixas de premiação são discriminadas no Plano de Sorteio.
Em datas comemorativas são realizadas extrações especiais, com prêmios maiores, como por exemplo, São João e Natal.
Os sorteios da Loteria Federal ocorrem, em regra, às quartas-feiras e aos sábados, no Auditório da CAIXA, em Brasília/DF, ou no Caminhão da Sorte - que realiza os sorteios em eventos públicos, em alguma localidade do Território Nacional.
Na realização do sorteio, são utilizados cinco globos. São colocadas no primeiro globo, oito bolas numeradas de zero a sete e, nos demais, dez bolas numeradas de zero a nove. Se ocorrer "zero" em todos os cinco globos, ou for sorteado um número maior que 75.000, o sorteio é repetido.
Os resultados são divulgados na página de resultados deste site, logo após a conclusão dos sorteios.
PREMIAÇÃO
Para cada extração são sorteados cinco grandes prêmios. São premiados, também, os bilhetes que contêm derivações dos números sorteados, conforme o plano de sorteio estabelecido pela CAIXA
 Exemplos de Sorteios:


Como funciona a Quina



Apenas cinco números separam você de realizar o sonho de ser premiado.
Basta escolher de 5 a 7 números de um total de 80 disponíveis. 
Se preferir a aposta Surpresinha, o sistema marca, aleatoriamente, todos os números para você e cria outros jogos a partir do seu jogo original. 
Querendo repetir a mesma aposta por três, seis, doze, dezoito ou vinte e quatro concursos consecutivos, é só pedir a Teimosinha.

E mais! Essa é a loteria com sorteios diários, de segunda a sábado.
No sorteio, são utilizados dois globos. Um correspondente à dezena e outro à unidade. No globo da dezena são utilizadas bolas numeradas de zero a sete e no globo das unidades bolas de zero a nove. É retirada uma bola de cada globo para formar o número sorteado. Quando for retirada a bola zero nos dois globos, será considerado, para efeito de sorteio, o número oitenta.
Os sorteios são realizados às 20 horas, no auditório da CAIXA, em Brasília, ou no Caminhão da Sorte, em alguma localidade do País.
PREMIAÇÃO
O prêmio bruto corresponde a 46% da arrecadação, já deduzido o percentual do Fundo Nacional da Cultura, e os percentuais dos Comitês Olímpico e Paraolímpico Brasileiros, assim distribuído: 
1ª faixa - 40% do valor global da importância destinada aos prêmios, rateados entre os bilhetes de apostas que contiverem cinco prognósticos certos - Quina.
2ª faixa - 30% do valor global da importância destinada aos prêmios, rateados entre os bilhetes de apostas que contiverem quatro prognósticos certos - Quadra
3ª faixa - 30% do valor global da importância destinada aos prêmios, rateados entre os bilhetes de apostas que contiverem três prognósticos certos - Terno.
Não existindo aposta premiada, o valor do prêmio será acumulado para o concurso seguinte, na respectiva faixa, procedendo-se desse modo até que haja aposta premiada dentro de cada faixa.




Como funciona a LotoMania



A Loteria para quem tem mania de ganhar. Em um cartão você escolhe cinqüenta números, dos cem disponíveis. São sorteados vinte números.
Ganha quem acertar dezesseis, dezessete, dezoito, dezenove, vinte ou nenhum número.
Você tem a opção de não escolher os cinqüenta números. Neste caso, marque os seus preferidos e deixe o sistema completar a aposta; ou não marque nada e faça uma Surpresinha, onde o sistema preenche tudo aleatoriamente para você.
Se quiser repetir o mesmo jogo por duas ou quatro semanas, é só optar pela Teimosinha.
Os sorteios são realizados todas as quartas-feiras e sábados, às 20 horas, no auditório da CAIXA, em Brasília, ou no Caminhão da Sorte, em alguma localidade do País.
No sorteio, são utilizados dois globos, um correspondente à dezena e outro à unidade. Nos globos são utilizadas bolas numeradas de zero a nove. É retirada uma bola de cada globo para formar o número sorteado.
PREMIAÇÃO
O prêmio bruto corresponde a 46% da renda bruta, já deduzido o percentual do Fundo Nacional da Cultura, e os percentuais dos Comitês Olímpicos e Paraolímpico Brasileiros, assim distribuído:
30% para os acertadores dos 20, números sorteados
20% para os acertadores de 19, dos 20 números sorteados
20% para os acertadores de 18, dos 20 números sorteados
10% para os acertadores de 17, dos 20 números sorteados
10% para os acertadores de 16, dos 20 números sorteados
10% para os acertadores de nenhum dos números sorteados
Não havendo ganhador nas faixas de premiação, o prêmio fica acumulado na mesma faixa, com exceção da faixa 0 acertos, que acumula para a de 20 acertos, no próximo sorteio.

Fonte: http://www.sorteonline.com.br/comojogar/lotomania.asp

Como funciona a Dupla-Sena







Dois sorteios por concurso, com um mesmo bilhete: mais chances de ganhar. Assim é a Dupla Sena.
Você ganha acertando quatro (quadra), cinco (quina) ou os seis (sena) números no primeiro ou no segundo sorteio.
Basta marcar entre 6 e 15 números, dos 50 existentes no volante.
Você ainda pode pedir a Teimosinha e repetir a sua aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos.
Se preferir, também pode fazer a Surpresinha, e deixar que o sistema escolha os números para você.
Os sorteios são realizados duas vezes por semana, às terças e sextas, às 20 horas, no Caminhão da Sorte,em locais públicos, ou no auditório da sede da CAIXA, em Brasília.
PREMIAÇÃO
O prêmio bruto corresponde a 46% da arrecadação, já deduzido o percentual do Fundo Nacional da Cultura e dos Comitês Olímpico e Paraolímpico Brasileiros, assim distribuído:

Primeiro sorteio
30% para os acertadores dos 6 números sorteados (sena)
15% para os acertadores dos 5 números sorteados (quina)
10% para os acertadores dos 4 números sorteados (quadra)

Segundo sorteio
20% para os acertadores dos 6 números sorteados (sena)
15% para os acertadores dos 5 números sorteados (quina)
10% para os acertadores dos 4 números sorteados (quadra)

Se não houver acertadores para qualquer uma das premiações, o valor fica acumulado para a sena do primeiro sorteio .


Como funciona a Mega-Sena


Concurso 1372 da Mega Sena  

Nenhuma loteria dá prêmios maiores que a Mega-Sena. 
Duas vezes por semana, às quartas e aos sábados, são pagos milhões de reais para quem acerta os seis números sorteados. E também há premiação para aqueles que acertarem cinco ou quatro números.

Basta marcar entre seis e quinze números dos sessenta existentes no volante. 

Além das apostas baseadas em seu palpite, ainda tem a Teimosinha e a Surpresinha.
A Teimosinha é para você que deseja repetir a aposta por dois, quatro ou oito concursos consecutivos.
Já a Surpresinha é aquela aposta em que o sistema faz o jogo para você.

Os sorteios são realizados todas as quartas e sábados.
São utilizados dois globos, um correspondente à dezena e outro correspondente à unidade. No globo da dezena são sorteadas bolas numeradas de zero a cinco e, no da unidade, de zero a nove. Quando for sorteado zero nos dois globos, será considerado, para efeito de premiação, o número sessenta.

Mas tem mais: 25% do valor destinado à premiação é reservado para os concursos seguintes de finais zero e cinco. Aí, os prêmios são ainda maiores, pois são acumulados dos cinco concursos anteriores.

PREMIAÇÃO
O prêmio bruto corresponde a 46% da renda bruta, já deduzido o percentual do Fundo Nacional da Cultura, e dos Comitês Olímpico e Paraolímpico Brasileiros, assim distribuído: 

35% para os acertadores dos 6 números sorteados (Sena) 
20% para os acertadores de 5 dos 6 números sorteados (Quina)
20% para os acertadores de 4 dos 6 números sorteados (Quadra) 
25% se destinam a integrar a premiação para os acertadores dos 6 números sorteados (Sena), nos concursos de finais zero e cinco.

Fonte: http://www.sorteonline.com.br/comojogar/mega-sena.asp

Como funcionam os caça-níqueis


Introdução




Originalmente, os cassinos instalaram as máquinas caça-níqueis como uma diversão para jogadores casuais. Diferente dos tradicionais jogos de mesa (como blackjack ou dados), os caça-níqueis não requerem nenhum conhecimento de jogo e qualquer um pode jogar com uma pequena aposta.
A idéia provou ser um sucesso monstruoso - os caça-níqueis no final das contas saíram de um lugar secundário para se tornarem o jogo mais popular e lucrativo, faturando mais de 60% dos lucros anuais dos jogos nos Estados Unidos. No Brasil, esta prática é proibida por lei.

Imagem cedida por Image After
A tecnologia dos caça-níqueis também mudou muito com os anos. Os projetos clássicos de metal foram quase todos trocados por máquinas controladas por computador. Mas o jogo se manteve o mesmo. O jogador puxa uma alavanca para girar uma série de bobinas (geralmente três) que têm figuras impressas nelas. Ganhar ou perder é determinado por quais figuras se alinham com a linha de pagamento, uma linha no meio do vidro por onde se olha. Se cada bobina mostra a mesma figura vencedora na linha de pagamento, você ganha. Certas imagens sozinhas, de vez em quando, também são vencedoras. O quanto você ganha (prêmio) depende de quais figuras apareceram na linha de pagamento.
Neste artigo, descobriremos o que coloca as bobinas em movimento nas modernas máquinas caça-níqueis como nos antigos modelos mecânicos. Também veremos o que determina as chances de ganhar e daremos uma olhada em variações populares do jogo tradicional.
O projeto clássico do caça-níquel funciona com uma configuração elaborada de engrenagens e alavancas. O elemento central é um cabo de metal, que apóia as bobinas. Esse cabo é conectado a um mecanismo de alavanca que movimenta as peças. Um sistema de freio faz com que as bobinas parem de girar e sensores comunicam a posição das bobinas ao sistema que paga. Um detector de moedas inicialmente registra que uma moeda foi inserida e destrava um freio para que a alavanca possa se mover.
Existem diversas maneiras de arrumar esses elementos e, ao longo dos anos, os fabricantes já tentaram várias abordagens. 
Esse projeto inclui três bobinas montadas em um cabo central. O cabo central apóia três discos dentados, que são conectados com as três bobinas. Um segundo cabo abaixo do central apóia um chutador, uma peça de metal incluindo três batedores. Os batedores do chutador são alinhados para que possam empurrar contra os dentes nos três discos. O segundo disco também apóia uma série de dentes conectados travadores, que se travam nos dentes dos discos.
O chutador e as travas são ambos conectados a molas, que os seguram em uma posição de espera. O chutador é mantido em um lugar atrás dos discos, enquanto que as travas são mantidas contra os discos, trancando-os no lugar.
Aqui está o que acontece quando um jogador puxa a alavanca:
  • a alavanca gira um mecanismo de gancho, que agarra o chutador, puxando-o para frente (na direção do jogador);

  • um pegador na parte oposta do chutador agarra uma excêntrico de controle e o coloca sobre o eixo e para a frente. Isso gira uma série de engrenagens conectadas ao excêntrico de controle. Uma mola puxa o excêntrico para sua posição original, mas o conjunto da engrenagem diminui a velocidade consideravelmente - as engrenagens agem como um atraso mecânico;

  • quando o excêntrico de controle é colocado sobre o eixo para frente, ele libera uma chapa de excêntrico sobre molas, que se estende pela parte de trás da máquina;

  • o excêntrico de controle também puxa as travas para longe dos discos dentados. Conforme o chutador continua se movendo, ele empurra as travas contra diversos pegadores na chapa de excêntrico. Isso prende as travas no lugar, para que os discos e as bobinas possam girar livremente;

  • enquanto a alavanca continua a mover o chutador, os batedores empurram os discos brevemente para frente. Quando a alavanca é puxada toda para trás e o chutador passou pelos discos, o fundo do mecanismo de gancho vai para cima de encontro com uma superfície inclinada. A inclinação coloca o gancho sobre o eixo para frente, o que faz com que o chutador seja solto;

  • a mola do chutador o impulsiona para trás em grande velocidade. Os batedores do chutador batem nos dentes dos discos, girando as bobinas rapidamente;

  • enquanto tudo isso está acontecendo, o excêntrico de controle está vagarosamente retornando para sua posição original. Ao voltar, empurra a chapa de excêntrico de volta, o que solta as travas. Pegadores diferentes se segurando em travas diferentes são posicionados para que a chapa de excêntrico solte as travas uma de cada vez. Cada trava se solta para frente e se tranca em um dente, mantendo a bobina na posição.
Do ponto de vista do jogador, a coisa acontece assim: ele puxa a alavanca, em seguida escuta uma pancada e as três bobinas começam a girar. As três bobinas param abruptamente, uma de cada vez, seguidas pelo pagamento (se necessário). O fato de pararem uma de cada vez cria o suspense. Se a primeira bobina pára no símbolo do grande prêmio, você tem que esperar a próxima bobina parar para ver se vai cair no grande prêmio e finalmente, a terceira. Se as três mostrarem o símbolo certo, o jogador vence.
Máquinas caça-níqueis mecânicas convencionais eventualmente deram lugar às máquinas elétricas, que funcionavam com princípios similares. Em uma máquina elétrica, as bobinas são giradas por motores e as travas são ativadas por solenóides, mas o jogo funciona basicamente do mesmo jeito. Máquinas elétricas têm um sistema mais sofisticado de lidar com o dinheiro, como os que podem ser encontrados em uma máquina de venda automática, com luzes brilhantes e efeitos sonoros.
Em ambos os sistemas, uma vez que as bobinas pararam, os caça-níqueis têm que verificar se o jogador ganhou ou perdeu. 

Sistema de pagamento

Existem dúzias de sistemas de pagamentos diferentes usados nas máquinas caça-níquel. Em um dos projetos mais simplificados, o grande prêmio é detectado medindo-se a profundidade dos dentes nos discos que controlam as bobinas. Para simplificar, explicaremos de forma básica o funcionamento do sistema de pagamento dos caça-níqueis. A máquina só aceita um tipo de moeda e só há uma combinação de imagens vencedora.

Quando você coloca uma moeda nessa máquina, ela cai em uma caixa transparente. O fundo da caixa é um obturador que se move e possui uma conexão de metal. Normalmente, a conexão mantém o obturador fechado. Mas quando a máquina acerta o grande prêmio, a terceira trava movimenta a conexão, abrindo o obturador para que as moedas caiam da máquina.
Cada um dos três discos tem dentes para cada posição de parada da bobina. O dente da posição do grande prêmio é mais fundo do que nas outras posições. Conseqüentemente, quando a primeira bobina pára no grande prêmio, a primeira trava se move mais para a esquerda do que se moveria por qualquer outra trava. Se a segunda bobina pára também no grande prêmio, a segunda trava se move mais para a esquerda. O mesmo ocorre com a terceira bobina e trava.
Mas se somente a segunda bobina parar no grande prêmio, a segunda trava não vai percorrer todo o caminho até o dente. A primeira trava tem um sistema que impede a segunda trava de passar. A segunda trava, em movimento, tem um sistema que segura a terceira trava. Para que a terceira trava pare no dente do grande prêmio, a primeira e segunda bobinas precisam parar na imagem do grande prêmio. Quando isso acontece, o obturador se abre para despejar todas as moedas que foram jogadas desde o último grande prêmio.
Normalmente, os caça-níqueis têm versões mais elaboradas desse projeto, que pagam parcialmente em certas combinações de imagens e que pagam integralmente na combinação do grande prêmio.
Em outro sistema popular usado em algumas máquinas caça-níqueis elétricas, os discos têm uma série de contatos de metal ligados a eles. Quando a bobina pára, um dos contatos junta um contato fixo ligado a uma placa de circuito. Desse modo, cada parada de cada bobina vai desligar um interruptor diferente no sistema elétrico. Certas combinações de interruptores desligados (vencedores do grande prêmio) vão configurar o circuito elétrico da máquina para operar o mecanismo de pagamento.
Um sistema mais avançado usa células fotoelétricas (em inglês), também conhecidas como fotodiodos, dispositivos que geram uma corrente quando expostos à luz, para detectar a posição. Nesse sistema, uma série de furos são feitos através dos discos rotatórios, por toda a volta do seu limite externo. O fotodiodo é posicionado em um dos lados do disco e uma fonte de luz é posicionada no outro lado. Conforme o disco gira, a luz brilha no fotodiodo, através dos furos. O padrão de furos em um disco faz com que o fotodiodo gere um padrão similar de pulsos elétricos. Baseado nesse padrão, um circuito eletrônico pode determinar a posição da bobina.
A maioria dos caça-níqueis modernos são feitos para parecerem e causarem a mesma sensação que os velhos modelos mecânicos, mas funcionam com um princípio completamente diferente. O resultado de cada puxada é, na verdade, controlado por um computador central dentro da máquina, não pelo movimento das bobinas.
Esse computador usa motores de passo para girar cada bobina e pará-la em um ponto pré-determinado. Motores de passo são controlados por pulsações digitais de eletricidade controladas pelo computador, ao invés da corrente elétrica flutuante que controla um motor elétrico comum. Essas pulsações modificam a rotação do motor (ou passo) com grande precisão.
Mas mesmo que o computador diga às bobinas onde parar, os jogos não são pré-programados para pagar em um tempo certo. Um gerador aleatório de número no coração do computador, certifica-se de que cada puxada tem uma chance igual de acertar o grande prêmio.
Quando o caça-níquel é ligado, o gerador aleatório de números emite números inteiros, geralmente entre 1 e vários bilhões, centenas de vezes por segundo. No instante que você puxa a alavanca ou aperta o botão, o computador grava os próximos números do gerador. Ele então fornece esses números a um programa simples para determinar onde as bobinas deverão parar.
Eis como o processo todo funciona em uma máquina de três bobinas:
  • você puxa a alavanca e o computador grava os próximos três números do gerador aleatório de números. O primeiro número é usado para determinar a posição da primeira bobina, o segundo número é usado para a segunda bobina e o terceiro número é usado para a terceira bobina. Neste exemplo, digamos que o primeiro número é 123.456.789;
  • para determinar a posição da primeira bobina, o computador divide o primeiro número aleatório por um valor fixo. Normalmente, os caça-níqueis dividem por 32, 64, 128, 256 ou 512. Digamos aqui que o computador divida por 64;
  • quando o computador divide o número aleatório pelo valor fixo, ele grava um lembrete do quociente. Ele acha que 123.456.789 dividido por 64 dá um total de 1.929.012 com 21 de resto;
  • obviamente, o resto não pode ser maior que 64 ou menor que 0, então só existem 64 resultados possíveis para esse cálculo. Os 64 valores possíveis funcionam como paradas em uma grande bobina virtual;
  • cada uma das 64 paradas na bobina virtual corresponde a uma das 22 paradas na bobina real. O computador consulta uma tabela que diz a que distância mover a bobina real para um valor particular na bobina virtual. Uma vez que existem mais paradas virtuais do que reais, algumas das paradas reais serão ligadas a mais de uma parada virtual.
Sistemas de computadores deixaram os caça-níqueis muito mais adaptáveis. Os jogadores podem agora, por exemplo, apostar dinheiro diretamente de uma conta de crédito, ao invés de colocar moedas a cada puxada. Eles também podem ter controle sobre as vitórias e derrotas mais facilmente, assim como os cassinos. A operação é mais simples nas máquinas modernas; se quiserem, os jogadores podem simplesmente apertar um botão para jogar, ao invés de puxar a alavanca.
Uma das principais vantagens do sistema de computador para os fabricantes das máquinas é que eles podem facilmente configurar com que freqüência a máquina paga (o quanto é fácil ou difícil). 

As chances de ganhar

Nos caça-níqueis modernos, as chances de acertar um símbolo ou combinação de símbolos, depende de como a bobina virtual está montada. Como vimos na última seção, cada parada na bobina real pode corresponder a mais de uma parada na bobina virtual. De maneira simples, as chances de acertar uma imagem em particular na bobina real, depende de quantas paradas virtuais correspondem à parada real.
Em uma máquina caça-níquel sobrecarregada, a maior parada do grande prêmio (com a imagem que paga o maior valor) para cada bobina corresponde a apenas uma parada virtual. Isso significa que a chance de acertar o grande prêmio em uma bobina é de 1 em 64. Se todas as bobinas estão montadas da mesma maneira, as chances de acertar o grande prêmio nas três bobinas é de 1 em 643 ou 262.144. Para máquinas com um grande prêmio maior, a bobina virtual pode ter mais paradas. Isso diminui consideravelmente as chances de ganhar o grande prêmio.
As paradas em branco perdidas acima e abaixo das imagens do grande prêmio podem corresponder a mais paradas virtuais do que outras imagens. Conseqüentemente, é mais provável que um jogador acerte as paradas em branco próximas às paradas vencedoras. Isso cria a impressão que eles "erraram" o grande prêmio, o que os encoraja a continuar apostando, ainda que a proximidade da parada real seja sem importância.
O programa de uma máquina é cuidadosamente projetado e testado para atingir um certo percentual de pagamento. O percentual de pagamento é o percentual do dinheiro que é colocado e eventualmente pago ao jogador. Com um percentual de pagamento de 90%, por exemplo, o cassino levaria cerca de 10% de todo o dinheiro colocado no caça-níquel e pagaria 90%. Com qualquer percentual de pagamento abaixo de 100% (e são todos abaixo disso), o cassino ganha muito.
Na maioria das jurisdições onde apostas são permitidas, a lei requer que os percentuais de pagamento sejam acima de um certo nível (geralmente algo próximo a 75%). O percentual de pagamento na maioria das máquinas de cassinos é muito maior que o mínimo - geralmente entre 90 e 97%. Os cassinos não querem suas máquinas mais controladas do que as dos concorrentes ou os jogadores vão apostar em outro lugar.
As chances de cada caça-níquel são colocadas no programa do chip de computador da máquina. Na maioria dos casos, o cassino não consegue mudar as chances da máquina sem trocar o chip. Apesar da opinião do público, não há como um cassino "controlar" a máquina instantaneamente.
As máquinas também não se reprogramam sozinhas. Isto é, é mais provável que elas paguem para quem joga mais tempo. Uma vez que o computador sempre pega números aleatórios, você tem exatamente a mesma chance de acertar o grande prêmio cada vez que puxa a alavanca. A idéia da máquina estar "programada para pagar" está na cabeça do jogador, pelo menos no sistema padrão.
Quando você aposta nos caça-níqueis em um cassino, terá dúzias de opções de jogo. Eles têm, por exemplo, números variados de bobinas, muitas com múltiplas linhas de pagamento.
A maioria das máquinas com múltiplas linhas de pagamento deixam que o jogador escolha de que maneira quer jogar. Com a aposta mínima, apenas uma única linha girando pela bobina conta. Se o jogador colocar mais dinheiro, pode jogar as linhas horizontais acima e abaixo da linha de pagamento ou as linhas diagonais que correm pelas bobinas.
Para máquinas com opções de apostas diversas, tendo várias linhas de pagamento ou não, os jogadores serão merecedores do grande prêmio somente quando fizerem a aposta máxima. Por essa razão, especialistas em jogo sugerem que os jogadores sempre apostem o máximo.
Existem diversos esquemas de pagamento diferentes nos caça-níqueis modernos. Um caça-níquel padrão flat top ou straight slot, possui um valor de pagamento que nunca muda. O pagamento do grande prêmio em uma máquina progressiva, por outro lado, aumenta constantemente conforme o jogador coloca mais dinheiro, até que alguém ganhe tudo e o grande prêmio seja remarcado para um valor inicial. Em uma montagem progressiva comum, várias máquinas estão ligadas a um sistema de computador. O dinheiro colocado em cada máquina contribui para o grande prêmio central. Em alguns jogos progressivos gigantes, as máquinas estão interligadas em diferentes cassinos por toda a cidade ou até no estado.
Algumas variações de caça-níqueis são simplesmente estéticas. Os caça-níqueis com vídeo funcionam do mesmo jeito que a máquinas normais, mas possuem uma imagem de vídeo ao invés das bobinas que giram. Quando esses jogos surgiram, os jogadores ficaram muito desconfiados; sem as bobinas giratórias, parecia que os jogos eram enganosos. Ainda que bobinas e alavancas nas máquinas modernas sejam completamente irrelevantes para o resultado do jogo, os fabricante geralmente as incluem só para dar aos jogadores a ilusão de controle.
Essas são apenas algumas das variações das máquinas. Fabricantes de jogos continuam desenvolvendo novos tipos de máquinas com alterações interessantes do jogo clássico. Muitas dessas variações são feitas sobre temas particulares. Existem novas máquinas baseadas em programas de televisão, pôquer, dados e corridas de cavalos, por exemplo.