sábado, 15 de junho de 2013

Professores, façam-se respeitar!


Desta vez Luiz Carlos Prates grita em prol dos professores. Façam-se respeitar". Um alerta para a classe não se curvar e quebrar os grilhões da escravidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário