segunda-feira, 29 de julho de 2013

Vem aí o prédio mais alto das Américas. Na terra dos arranha-céus, edifício terá 425 m

Conhecida por suas torres já altíssimas, Nova York está prestes a ganhar um arranha-céu que promete "diminuir" todos os outros grandes prédios da cidade. Planejado para 2015, vem aí o 432 Park Avenue, gigante do arquiteto uruguaio Rafael Viñoly, que atingirá impressionantes 425 m de altura, como mostram as ilustrações realistas dessa página









Decoração com figuras geométricas





quinta-feira, 11 de julho de 2013

NIKOLA TESLA (1856-1943




Se não fosse por Nikola Tesla, possivelmente você não estaria lendo este texto agora na tela do computador e, ainda mais, nenhum equipamento eletroeletrônico existiria.

Entre suas contribuições para o avanço do mundo moderno estão o desenvolvimento do rádio, demonstrando a transmissão sem fios em 1894, robótica, controle remoto, radar, ciência computacional, balística, física nuclear e física teórica.

Suas ideias no mundo foram tão revolucionárias que o Estado de Nova York e muitos outros estados nos EUA proclamaram 10 de julho, aniversário de Nikola Tesla, como o dia de Tesla. Sempre à frente de seu tempo, constituiu-se em um dos maiores visionários da ciência, o que torna injusta a “total escuridão” em que este homem terminou os seus dias. A placa de rua Nikola Tesla Corner” foi recentemente colocado na esquina da Rua 40 com a Avenida 6, em Manhattan. Há uma foto grande de Tesla na Estátua da Liberdade Museum. O Liberty Science Center, em Jersey City, New Jersey tem uma demonstração de ciência diária da bobina de Tesla criar um milhão de volts de eletricidade diante dos olhos de espectadores.

Este grande gênio nasceu em 10 de julho de 1856 em Smiljan, Lika, que era então parte do Império Austo-Húngaro região, da Croácia. O pai, Milutin Tesla, sacerdote ortodoxo sérvio e a mãe, Djuka Mandic (poderíamos entendê-la como uma inventora) contribuiram de forma determinante nas escolhas futuras de Tesla.

Tesla estudou na Realschule, Karlstadt em 1873, o Instituto Politécnico em Graz, na Áustria e na Universidade de Praga quando ficou fascinado com eletricidade. A partir daí, iniciou sua carreira como engenheiro elétrico com uma companhia telefônica em Budapeste em 1881.

Mais tarde, Tesla recebeu e aceitou uma oferta para trabalhar para Thomas Edison, em Nova York. Seu sonho de infância era ir aos Estados Unidos para aproveitar o poder de Niagara Falls. Tesla começou a melhorar a linha de dínamos de Edison, enquanto trabalhava no laboratório em Nova Jersey. Foi aqui que a sua divergência de opinião com Edison sobre corrente contínua e corrente alternada começou. Apesar de muitas descobertas profícuas, as divergências entre Tesla e Edison, o fez, em 1912, recusar em dividir o Prêmio Nobel de Física entre os dois. Assim, o prêmio acabou sendo dado a outro pesquisador.

Nikola Tesla desenvolveu o modelo polifásico alternado que conhecemos atualmente, além de realizar 40 patentes básicas dos EUA sobre o sistema. Todas estas patentes foram compradas por George Westinghouse. Foi aí que a guerra das correntes tomou corpo maior. O grande conflito era Edison (com sua corrente contínua) versus Tesla-Westinghouse (corrente alternada). Estes acabaram vencendo a batalha por que a tecnologia da corrente alternada se mostrou superior.

Em fevereiro de 1882, Tesla descobriu o campo magnético rotativo, um princípio fundamental na física e na base de quase todos os dispositivos que usam corrente alternada. Tesla brilhantemente tinha adaptado o princípio da rotação do campo magnético para a construção do motor de indução alternado atual e o sistema polifásico para a geração, transmissão, distribuição e utilização de energia elétrica.

Hoje a eletricidade é gerada a partir da conversão da energia mecânica por meio de suas invenções. Contudo, é consenso entre todos aqueles que conhecem a história de Tesla e as necessidades do mundo moderno que a sua maior conquista foi o sistema polifásico de corrente alternada, que é hoje a forma como todo o globo é iluminado.

Foi condecorado pelo Rei Nikola de Montenegro com a Ordem de Danilo por esta tecnologia.

Ao todo, ele registrou mais de 700 patentes mundiais. Sua visão incluía a exploração de energia solar e do poder do mar. Ele previu comunicações interplanetárias e satélites.

Nikola Tesla também patenteou o sistema básico de rádio em 1896. Sua publicação continha todos os diagramas esquemáticos descrevendo todos os elementos básicos do transmissor de rádio que mais tarde foi usado por Marconi que, em dezembro de 1901, estabeleceu a comunicação sem fios entre o Reino Unido e a New Foundland, no Canadá, o que lhe valeu o prêmio Nobel em 1909. Contudo, parte do trabalho de Marconi não era original.

Waldorf Astoria foi a residência de Nikola Tesla durante muitos anos. Ele viveu lá quando ele estava no auge do poder financeiro e intelectual. Lá, organizava jantares convidando pessoas famosas que mais tarde testemunharam experiências elétricas espetaculares em seu laboratório.

Nikola Tesla foi uma das personalidades mais célebres na imprensa americana, no século passado. De acordo com a edição especial da Life Magazine de setembro de 1997, Tesla está entre as 100 pessoas mais famosas dos últimos 1.000 anos. Ele é um dos grandes homens que que criaram um divisor de águas na história humana. Ele foi um Super Star.

Em 1894, ele recebeu o doutorado honoris causa pela Universidade de Columbia e Yale e a medalha Elliot Cresson pelo Instituto Franklin. Em 1934, a cidade de Filadélfia concedeu-lhe a medalha John Scott pelo seu sistema de energia polifásico. Ele era um membro honorário da Associação Nacional de Luz elétrica e um membro da Associação Americana para o Avanço da Ciência.

Em seu 75 º aniversário em 1931, o inventor apareceu na capa da revista Time. Nesta ocasião, Tesla recebeu cartas de congratulações de mais de 70 pioneiros na ciência e na engenharia, incluindo Albert Einstein. Estas cartas foram montados e apresentados à Tesla, na forma de um volumoso depoimento.

Tesla faleceu em 07 de janeiro de 1943 no Hotel New Yorker (Sala 3327 no 33 º piso), onde viveu durante os últimos dez anos de sua vida.

Um funeral de Estado foi realizada na St. John the Divine Cathedral em Nova York. Telegramas de condolências foram recebidos de muitos notáveis, incluindo a primeira-dama Eleanor Roosevelt e vice-presidente Wallace. Mais de 2000 pessoas compareceram, entre eles vários prêmios Nobel. Ele foi cremado em Ardsley on the Hudson, em Nova York. Suas cinzas foram colocadas em uma esfera de ouro, a forma preferida de Tesla, em exposição permanente no Museu Tesla em Belgrado, juntamente com sua máscara mortuária.

Assistam ao vídeo: Nikola Tesla, O Mestre dos Raios:
http://www.youtube.com/watch?v=GF4uApNh2Ts

Vejam esta Gigante Bobina de Tesla:
http://www.youtube.com/watch?v=FY-AS13fl30


Fonte: https://www.facebook.com/obaricentrodamente?hc_location=stream

terça-feira, 2 de julho de 2013

Oito dicas para memorizar fórmulas de matemática

Você está com a cabeça quase explodindo com tantas fórmulas de matemática para estudar? Talvez algumas frases e macetes possam te ajudar a não ficar com um branco na hora da prova.
Confira oito dicas para memorizar fórmulas de matemática:
Adição de Arcos
Para memorizar as fórmulas de adição de arcos
- cos(A-B) = cosA.cosB + senA.senB
(coça A, coça B + senta A, senta B)

- cos(A+B) = cosA.cosB – senA.senB
(coça A, coça B – senta A, sentaB)

- sen(A-B) = senA.cosB – senB.cosA
(senta A, coça B – senta B, coça A)

- sen(A+B) = senA.cosB + senB.cosA
(senta A, coça B + senta B, coça A)

Você pode usar também o começo do poema de Gonçalves Dias para memorizar:
Minha terra têm palmeiras, onde canta o sabiá
SENO A COSENO B , SENO B COSENO A.

Geometria Analítica: Equação Fundamental
Fórmula: y – yo = m (x – xo)
Uso: Para encontrar a equação fundamental da reta que passa pelo ponto P(xo, yo).
Macete: YoYô, Mixoxô

Seno, cosseno e tangente
Seno = co/hip à corri
Cosseno = ca/hip à caí
Tangente = co/ca à coca
Frase: Corri, caí na coca.

Posição do seno e cosseno
Memorizar a frase: Quem tá de pé tá sem sono, quem tá deitado tá com sono.
Sem = Seno
Com = Cosseno

Números Racionais, Irracionais e Complexos
Frase para decorar o Conjunto dos números: I (irracionais), R (reais) e C (Complexos)
Macete: Inteligente, Rico e Carinhoso

Análise Combinatória

Ainda não posso!
Não!!!
Não posso!!!
Comigo não pode!!!
Não pode!!!
Não pode !!!

Lei de Euler
Fórmula : V + F = A + 2
Uso: calcular n° de vértices, faces ou arestas de poliedros
Macete : Vamos Fazer Amor A Dois

Outra frase: Vida Feliz A Dois
Fórmula do método de integração por partes:
Macete: Um Dia Vi Um Velho Vestido De Uniforme
Ou: Um Dia Vi Uma Vaca, sem rabo, Vestida De Uniforme

Uma professora entrevistada pelo site Educar para Crescer mostrou que ensina matemática com músicas de funk!

Seis dicas para você criar o seu plano pessoal de estudo

Escolher uma faculdade e curso e passar no vestibular são os seus objetivos, certo? Certo! … Tem certeza?
Pense bem: o vestibular e a faculdade fazem parte de um plano maior, não? Eles não são um fim em si. Logo, os objetivos estão além. Você quer estudar Medicina porque deseja curar doenças e melhorar a vida das pessoas. Você quer se formar em Engenharia Ambiental porque quer ser um profissional que pensa em soluções para o aquecimento global. Esses sim são os objetivos, os motivos pelos quais você estuda tanto e quer passar no vestibular.
E como atingi-los? Uma boa maneira de começar é traçando o seu plano pessoal de estudo, planejar como será sua formação. Quem você quer ser? O que você quer fazer? Por que você quer estudar? Responda essas perguntas, ponha no papel seu plano e mão na massa!
site Good Education está publicando várias dicas do livro “The Edupunk’s Guide”. Algumas delas ensinam estudantes e traçarem seus planos de estudo. E quando falam em estudo, não é só a faculdade, mas também outras formas de aprendizado e todas as coisas que você pode fazer por conta própria para correr atrás de seu sonho.
Pode ser no papel, no notebook ou em um monte de post-it: monte seu plano com as seis dicas a seguir.
Escolha o seu caminho- É preciso definir o seu objetivo. “Eu quero um trabalho que envolva sustentabilidade e meio ambiente.” Ou “Eu quero combinar o ensino de Inglês com as viagens”.
- Lembre-se: definido um objetivo, é preciso definir um prazo. Só assim para planejar seus próximos passos.
Status atual- Entenda sua posição atual para definir o que falta ser feito. Ainda está no ensino médio? Então a universidade está no caminho de seu objetivo. Não sabe nem que curso prestar? Avalie seus interesses, leve em conta resultados dos testes de personalidade.
AprendizagemPense em meios e canais para sua aprendizagem e desenvolvimento e liste quais habilidades e conhecimentos você precisa ter:
- Instituições que podem fazer parte de seus estudos: uma universidade, uma escola, um curso em um museu, um grupo de estudo.
- Livros, vídeos, sites, programas culturais. Pense no que você pode ler, assistir e usar para ajudar na sua formação.
Experiência- As experiências sociais e de vida fazem parte de seu aprendizado! Seu plano passa pelo mundo, não só por uma faculdade. Inclua estágios, trabalho voluntário, viagens e amigos no seu plano.
Quem pode ajudar- Pai, irmão, amigo, orientador acadêmico em uma universidade, não importa: alguém precisa ler este plano de estudo e ajudá-lo a se responsabilizar por isso.
Próximos passos- Organize passo-a-passo. O que você vai fazer no próximo dia, semana, mês, ano para fazer do seu plano uma realidade?
- Uma boa ideia é fazer uma revisão semanal, mensal ou semestral junto com seu “guia” (passo 5). Você pode corrigir erros, perceber o que falta ser feito e até mesmo redifinir ações e objetivo.

Prova Oral

''Em prova oral do curso de medicina, o professor pergunta:
- Quantos rins nós temos?
- Quatro! Responde o aluno.
- Quatro? Replica o professor, arrogante, daqueles que se comprazem em tripudiar sobre o erro dos alunos.
- Traga um feixe de capim! ordena o professor a seu auxiliar.
"E para mim um cafezinho", replicou o aluno, ao auxiliar do mestre.
Exasperou-se o professor então, expulsando o aluno da sala.
O discípulo era, entretanto, o famoso humorista brasileiro Aparício Torelly (1895-1971), mais conhecido como "Barão de Itararé", título que se autoconcedeu para debochar da famosa batalha que não houve, na Revolução de 1930.
Ao sair da sala, teve ainda a suprema audácia de corrigir o furioso mestre: - O senhor me perguntou quantos rins "nós" temos. "Nós" temos quatro: dois meus e dois.